Erros mais comuns dos brasileiros ao aprender espanhol

Vocês sabem quais são os erros mais comuns dos brasileiros ao aprender espanhol??? É comum cometer uns errinhos quando estudamos um novo idioma (obviamente), porém, sempre tem aqueles erros básicos que todo mundo acaba cometendo. Foi pensando nisso que eu, levando em conta minha experiência como docente, separei alguns dos erros mais comuns entre o alunos e decidi compartilhar para que vocês não cheguem a cometer tais erros e caso já tenham cometido algum deles não voltem a repetir.

Então pessoal,  vamos conhecer quais os erros mais comuns dos brasileiros ao aprender espanhol.

São dicas simples, porém muito preciosas. Peguem o caderninho de estudo de vocês e anotem tudo para não esquecer depois.

Uso do SS

errando SS em espanhol

Caalma, não existe SS em espanhol! Em espanhol não existe o dígrafo “SS”.

não existe SS em espanhol

É comum nós brasileiro ao escrever em espanhol acabar colocando um “ss” aqui outro ali, as vezes por descuido mesmo, falta de atenção. E como sou muito boazinha vai aí mais uma dica, o “S” em espanhol sempre terá som de “SS” na pronunciação.

Exemplo:

passado – pasado

possessão – posesión

esse – ese

excesso – exceso

Uso do M no final de palavras

Opt In Image
Aprenda espanhol 10 vezes mais rápido!
Saiba os segredos dos professores de espanhol que irão te fazer aprender 10, 20, 30 vezes mais rápido!

Nós odiamos spam. Seus dados estão seguros conosco.

Por habito, é muito comum que nós brasileiros ao escrever em espanhol colocando M no final das palavras. Acontece que em castellano M no fim de palavras é uma exceção. Na maioria das vezes, quase sempre, as palavras vão terminar em N.

Exemplo:

también, con, están, viajaban.

A letra M no final de palavras vai ocorrer somente em palavras que mantém a escrita latina.

Exemplo:

álbum, referendum, curriculum, ítem…

Expressões idiomáticas

As expressões idiomáticas são frases que assumem um significado diferente do que o que realmente dizem. Tanto em português como em espanhol podemos encontrar uma variedade imensa de expressões. Um erro que não deve ser cometido pelos falantes de português/espanhol é tentar “traduzir” tais expressões de uma língua para a outra. Por favor, não façam isso. Muito raramente uma expressão idiomática utilizada por nós brasileiros terá algum significado em espanhol, mesmo que você faça aquela adaptada no melhor estilo “jeitinho brasileiro”.

Ninguém está ileso de cometer tal gafe, há algum tempo o famoso futebolista Neymar Jr cometeu esse equivoco ao utilizar uma rede social para responder a um comentário.

neymar jr

Ele queria usar a expressão “respeito é bom e eu gosto” e fez uma tradução para  “Respecto es bueno y a nosotros nos gusta!”.

Para que vocês não passem vergonha e possam se comunicar com eficiência deixarei uma listinha com algumas expressões idiomáticas realmente em espanhol, notem que algumas delas tem o mesmo sentido das que usamos em português, no entanto não são traduzidas ao pé da letra. Lembrando que, além saber as expressões é interessante que vocês tenham cuidado com o contexto que elas são usadas.

A duras penas  – Com muito trabalho

Cabeza de chorlito – Cabeça de vento

Cada dos por tres – Com muita frequência

Caer bien / mal una persona – Gostar / não gostar de uma pessoa desde o primeiro olhar

Cortar por lo sano –  Cortar pela raiz

Costar un ojo de la cara –  Custou o olho da cara

Dar en el clavo – Acertar

Dar ganas de – Sentir desejos de

Dar la gana – Querer

De mala gana – De má vontade

Echar de menos – Sentir saudades

Echar leña al fuego –  Colocar fogo na lenha

Echar una mano – Dar uma força, uma mão

Echar un vistazo – Dar uma olhada

Faltarle un tornillo a alguien –  Falta um parafuso

Fulano y mengano – fulano e beltrano

Hacer la vista gorda –  Fingir que não viu ou não sabe

Matar dos pájaros de un tiro –  Conseguir duas coisas de uma só vez; matar dois coelhos numa cajadada só

Meter la pata –  Equivocar – se; se meter onde não foi chamado

Pasarse de la raya  – Passar dos limites

Pedirle peras al olmo – Esperar algo de alguém que não vai te ajudar 

Perder los estribos – Perder a paciência 

Ser pan comido –  Algo fácil ou simples de fazer

Ser un cero a la izquierda – Ser um zero à esquerda

Tener agallas – Ser valente

Ver las estrellas – sentir uma dor muito forte

 

Uso do artigo neutro “lo”

Por assimilação, é comum que nós brasileiros ao iniciar o estudo da língua espanhola pensarmos que o artigo neutro lo traduzindo para o português é o nosso artigo masculino o. Está aí outro exemplo de erro que cometemos por assimilar uma língua a outra.

Para que não voltemos a cometer esse erro, vamos conhecer um pouco sobre os artigos em espanhol.

                                      Artigos definidos              Artigos indefinidos

Singular                        El – o                                         Un

                                      La – a                                        Una

Plural                            Los                                           Unos

                                       Las                                          Una

– Os artigos definidos (determinados): se usa quando o falante conhece a identidade da pessoa o coisa mencionada.

– Os artigos indefinidos (indeterminados): se usa quando o falante introduz um elemento novo no discurso e quando se refere a algo que não é conhecido.

  • El coche es mío – O carro é meu
  • Las casa son muy hermosas – As casas são muito bonitas
  • Los niños estaban llorando quando llegué – Os meninos estavam chorando quando cheguei
  • En la calle Enrique Granados – Na rua Enrique Granados

Artigo neutro lo

O artigo “lo” deve ser usado apenas antes de adjetivos, advérbios, particípios e antes do pronome relativo que.

  • Lo hecho, hecho está
  • No olvidé lo que me pediste

#Ojo: Nunca se deve usa lo antes de substantivo masculino.

Agora vocês já sabem, nada de usar o artigo neutro LO como se fosse o nosso artigo masculino O, o correto nesse caso é usar o artigo definido EL.

Diptongación

Vocês sabe o que é diptongación?? Você pode até não saber o que é más com certeza já deve ter visto ou ouvido alguém utilizando a diptongación, seja ela de forma correta ou de forma errada.

Para os adeptos do portunhol, colocar ditongação onde não existe é um erro clássico.

Quem nunca ouviu falar que um brasileiro viajou para algum país de fala hispana foi a um restaurante e soltou a seguinte perola para o garçom:

 – Yo quiero un cuepo de cueca-cuela

Gente, prestem atenção! As palavras cuepo e cueca cuela não existem, pelo menos não em espanhol. Esse é apenas um exemplo entre os muitos erros de diptongación que nós cometemos.

Mas afinal professora, o que é diptongación???

Pra começar, vamos entendendo o que é um ditongo (não faltem as aulas de português jeje): O ditongo é o encontro de duas vogais em uma mesma sílaba, ou seja, quando na separação das sílabas essas vogais continuam juntas. Por exemplo: CA – DEI – RA.

A diptongación é quando nós temos uma palavra em português que não existe ditongo, mas em espanhol ela tem esse encontro vocálico tão polêmico. Por exemplo:

Português > Espanhol

ESCOLA > ESCUELA.

O grande erro do brasileiro é achar que vai ocorrer a diptongación em todas as palavras do espanhol, o que não é verdade. O correto é saber quando e onde ocorre diptongación.

O fato de você sai colocando diptongación em tudo que é palavra do português não te faz um nativo do espanhol, fica a dica!

É muitíssimo comum encontrar casos de diptongación ao conjugarmos os verbos em espanhol. Para aprender sobre o tema te recomendo (se eu fosse você seguiria essa minha recomendação, não vai se arrepender) que leia com atenção e dedicação o post que fizemos sobre verbos: Lista de verbos irregulares em espanhol

Muy e Mucho

Muitas pessoas se confundem na hora de usar o muy e o mucho, o que é normal já que os dois tem o mesmo significado, a diferença é que cada um vai ser usado em situações diferentes. Nesse caso não há outra forma de aprender definitivamente quando se deve usar cada um a não ser aprendendo as regras gramaticais, (estudem gramática ein!)mas não se preocupem, garanto para vocês que não é nenhum bicho de sete cabeças. O segredo é estudar atentamente as regras e praticar bastante, com o tempo vocês irão utilizar o muy e o mucho de forma tão natural que nem vão se lembrar de quando usavam de forma errada.

Muy vs Mucho

O muy é um adverbio de quantidade e antecede adjetivos, advérbios, particípios e nomes adjetivados.

#Ojo: o muy nunca vai anteceder um substantivo.

O mucho (a, as, os) também pode ser um adverbio de quantidade ou ter função adjetiva, e geralmente vai anteceder substantivos.

O uso do mucho antes de adjetivo só vai ocorrer com esses quatro: mejor, peor, mayor y menor.

Falsos cognatos ou Falsos amigos

Opt In Image
Aprenda espanhol 10 vezes mais rápido!
Saiba os segredos dos professores de espanhol que irão te fazer aprender 10, 20, 30 vezes mais rápido!

Nós odiamos spam. Seus dados estão seguros conosco.

Você já deve ter ouvido falar muito sobre os falsos cognatos ou falsos amigos, não é mesmo?? Então galerinha, nunca é demais revisar esse conteúdo, afinal, é imensa a lista de falsos amigos português/espanhol.

Para os que estão iniciando agora e que ainda não estar por dentro do assunto, os falsos cognatos são palavras que são muito parecidas ou iguais nos dois idiomas, seja na escrita ou na pronuncia, porém, que tem significados diferentes. O que ela o falante a passar por algumas saias sustas na hora de se comunicar, são muitos os relatos de situações engraçadas ou constrangedoras ocorridos em decorrência de ser achar que por serem idiomas muito parecidos sempre vai ser a mesma coisa.

A dica fundamental para os estudantes de espanhol em relação aos falsos cognatos é: Nem tudo que parece é!

apellido – sobrenome

largo – comprido

aula –  sala de uma escola

beca – bolsa de estudos

bolsa – sacola

bolsillo – bolso

bolso – bolsa

borracha – bêbada

cachorro – filhote

Cadera – quadril

cena – janta

coger – pegar

cola – fila (de pessoas) ou rabo (de animal)

copa –  taça

cueca – dança chilena

cuello – pescoço

embarazada – grávida

empanada –  pastel

ensalada – salada

escoba – vassoura

exquisito – algo muito bom, com relação à comida pode ser deliciosa

fecha – data

flaco – magro

frente – testa

goma – borracha

grasa – gordura

jugar – brincar

latir – batida do coração

oficina – Escritório

olla –  Panela

oso – urso

pasta – massa

pastel – bolo

pegar – bater

pelado – careca

película – filme

polvo – pó

presunto – suposto

pronto – logo

propina – gorjeta

pulpo – polvo

quitar – tirar

rato – momento

rojo – vermelho

rubio – loiro

saco – paletó

salada salgada

salsa – molho

sino – se não

sitio – lugar

tapas – aperitivos, petiscos

tasa – taxa

taza – xícara

vacío – vago

vago – malandro, vagabundo

vaso – copo

zurdo – canhoto


Para melhor desenvolver o idioma, indico esses artigos aqui:

Dominando o presente do indicativo

Lista de verbos irregulares em espanhol

É isso pessoal, espero que tenham gostado das dicas que separei para vocês. Torço para que elas sejam úteis no percurso de aprendizado de vocês. Gostou desse post?? Não esqueça de deixar seu comentário. Aproveite para marcar aquele amigo seu que também estuda espanhol e anda cometendo os erros citados a cima. E não deixe de ler os outros posts do Espanhol Sem Fronteiras.

Comentários

comentário

Comentários

comentário