Intercâmbio em Buenos Aires!

E aí geeente! Hoje eu tô por aqui pra contar pra vocês TUDÔOO sobre meu último intercâmbio pra Buenos Aires!

Como vocês sabem, um professor de espanhol não para de estudar nunca, e dessa vez fui pra Buenos Aires aprimorar mais meus conhecimentos sobre espanhol. A Espanhol Sem Fronteiras tem um super parceiro de intercâmbio, que é a Courconnect, e foi essa agência linda que nos proporcionou o intercâmbio pra Argentina (eles têm vários destinos!!! se você quiser um desconto pra fazer intercâmbio, clica aqui e baixo nosso e-book para viajantes!)

Então vamos lá que eu vou contar cada detalhe dessa experiência fantástica!

A escola – Expanish

Gente, essa escola é incrível! Amei cada detalhe e cada minuto que passei lá. A Expanish é uma escola especializada em ensino de espanhol para estrangeiros, e por mais que nossa metodologia seja diferente, amei a escola. Desde a confirmação da matricula até a formatura o suporte que todos recebem é  fantástico.

Eu fui com meu marido para o intercâmbio, porém com objetivos diferentes: ele está começando no Curso Espanhol Sem Fronteiras, ou seja, ainda é um iniciante no aprendizado da língua, e foi com o intuito de seguir aprendendo o básico da língua; eu fui para cursar as matérias de espanhol avançado, aprimorar meus conhecimentos sobre a língua e me especializar no sotaque argentino. Tudo o que buscamos nesse intercâmbio foi 100% alcançado!

O avanço do meu marido na pratica da língua foi notório! É claro que uma simples viagem para um país de língua estrangeira não surtiria o mesmo efeito (inclusive falei sobre isso em um vídeo). Já viajamos diversas outras vezes para países que falam espanhol e ele não tinha aprendido nada (‘muchas gracias’ qualquer um sabe falar né…). A diferença entre uma viagem de intercâmbio e uma viagem comum de turismo é absurda! É claro que dessa vez ele já foi com a mente diferente, preparado pra praticar e aprender espanhol, tanto nas aulas como nas ruas de Buenos Aires.

Opt In Image
Aprenda espanhol 10 vezes mais rápido!
Saiba os segredos dos professores de espanhol que irão te fazer aprender 10, 20, 30 vezes mais rápido!

Nós odiamos spam. Seus dados estão seguros conosco.

Nós não fomos como parceiros da escola, ou seja, eles nem sabiam quem nós éramos, apenas ficaram sabendo no último dia de aula. É importante dizer isso aqui para que não pensem que estou sendo paga para falar deles, realmente amei a escola e indico demais para quem quer fazer um intercâmbio, uma viagem de imersão de verdade.

Fizemos também um vídeo com o diretor da escola (que só ficou sabendo que eu era do Espanhol Sem Fronteiras na hora do vídeo). Fiz esse pequeno vídeo apenas pra que vocês sentissem um pouco da atmosfera de lá, confere aqui em baixo!

Espero que vocês tenham conseguido ver como é um lugar realmente especial. As pessoas que trabalham lá são muito gente boa, todo mundo muito educado e prestativo, de verdade, me encantei com tudo.

A escola é um ótimo lugar pra fazer novos amigos, saímos de lá com muitos novos colegas!

O ambiente de lá também é suuuper aconchegante! Olha isso!

A hospedagem 

Pessoal, nós preferimos alugar um apartamento por lá porque ficamos muito tempo na cidade. Nós conseguimos um apartamento ao lado de uma estação de metrô, a 10 minutos a pé da escola, e a 5 minutos a pé do obelisco. Deu pra notar que a localização é perfeita né.

Bom, pra nós o aluguel do ap foi perfeito, mas muitos alunos vão pra ficar pouco tempo, e existem algumas opções muito interessantes.

A primeira opção pra quem quer fazer o intercâmbio para Buenos Aires é entrar em contato com a própria escola (a expanish dá esse tipo de suporte) e pedir pra se hospedar em alguma casa da família. Essa é uma opção barata e muito legal pra quem quer ficar em contato com o espanhol 100% do tempo. Essa também é uma das melhores opções pra quem viaja sozinho.

Outra opção bem legal pra quem viaja sozinho e vai passar pouco tempo na cidade é se hospedar em hostel. Dependendo do hostel que você escolher pode ou não ficar mais barato do que se hospedar em casa de família. Outro ponto bastante positivo de hostel é a interação com os outros viajantes.

Já você que vai viajar em grupo, várias pessoas vão fazer o intercâmbio com você, a solução perfeita é AIRBNB. Sem dúvida é a opção mais barata, pois todos do grupo devem arcar com uma parte dos gastos. O bom da AIRBNB é que em muitos casos o número de pessoas que vão se hospedar em um lugar não altera o preço, ou seja, fica bem barato pra dividir com a galera.

Se você preferir, a cidade é cheeeeia de hotéis. Claro, é uma opção bem cara, mas também tem suas vantagens.

O transporte

Galera, Buenos Aires é uma cidade onde você não precisa de carro pra nada. O metrô e os ônibus te levam e trazem pra qualquer lugar.

Pra quem vai chegar na cidade pelo aeroporto de Ezeiza, saiba que não fica em Buenos Aires, fica perto. Nós chegamos por esse aeroporto. Pra sair de lá tem a opção de ir de ônibus, mas demora umas 2 horas. Você também pode pegar taxi (caro demais) e também Uber.

Bom, vou ter que fazer um parêntese pra contar a historia da nossa chegada a Buenos Aires….

A chegada

Chegamos no aeroporto mais ou menos as 23:00. Pegamos nossas bagagens e fomos para o lado de fora do aeroporto tentar pegar um Uber. Nosso amigo, o Enzo, nos disse que o Uber já estava funcionando bem por lá, então -cientes dos preços não amigáveis dos taxis- resolvemos pegar um uber.

Estávamos sem nenhuma operadora de celular funcionando, ainda teríamos que pegar nossos chips (isso eu conto mais pra frente), então conectamos o celular no wifi do aeroporto mesmo e fomos chamar o uber.

Ao sair do aeroporto o sinal do wifi começou a ficar fraco, mas conseguimos conectar. Rapidamente um taxista se aproximou e se ofereceu pra nos levar ao apartamento (de maneira bem pouco amigável). Nós agradecemos o rapaz e dissemos que não queríamos. Não satisfeito, o rapaz do taxi insistiu, disse que era muito tarde, não passava ônibus naquele horário, e que o uber não funcionava lá também. Repetimos que não queríamos ir com ele. Insistindo, ele ficou falando e repetindo as coisas que havia falado antes, e mesmo quando começamos a andar ele foi seguindo a gente. Pois é. Mas por fim conseguimos nos afastar dele pra chamar o uber em paz.

Opt In Image
Aprenda espanhol 10 vezes mais rápido!
Saiba os segredos dos professores de espanhol que irão te fazer aprender 10, 20, 30 vezes mais rápido!

Nós odiamos spam. Seus dados estão seguros conosco.

Conseguimos chamar o uber, finalmente! Chegamos no nosso destino. Como estávamos sem internet (pois tínhamos conectado no wifi do aeroporto), não sabíamos quanto tinha ficado a corrida. Quando entramos no ap fomos direto dormir, estávamos cansados e no dia seguinte começavam as aulas. No outro dia percebemos que o valor da corrida tinha ficado muito alto (mais de 700 pesos – uns 150 reais), e fomos conferir o trajeto da corrida. O motorista do uber simplesmente não encerrou a corrida após nossa chegada. Ele fez praticamente todo o trajeto de volta ao aeroporto com o sistema ligado, como se nós tivéssemos voltado pra lá.

Aí é o momento que você pensa: Que diabos! Nem o Uber daqui presta?!

Bom, entramos com uma reclamação no site do uber, e graças a Deus o valor foi corrigido (mais ou menos 300 pesos).

Depois disso ainda andamos de uber por lá, e foram todas ótimas experiências. Demos o azar de pegar um cabra safado na primeira viagem de uber por lá kkkk

Mas fica a dica né… sempre ande com o seu app ligado no uber que é pro motorista ver que você tá ligado.

Continuando…

O transporte lá é muito bom (ainda mais pra quem tá acostumado com o transporte de Brasília).

Para usar metrô e bus por lá você precisa comprar um cartão (tarjeta sube). Você pode colocar os créditos no cartão e ir usando. Cada passagem custa de 6 a 8 pesos, então é bem barato. Nós usamos bastante pra visitar os bairros mais distantes.

O custo do cartão é de 25 pesos. Eu e meu marido compramos um pra nós dois (você pode passar o cartão quantas vezes quiser).

Fora isso, o melhor transporte que você pode usar em Buenos Aires são seus próprios pés! É uma cidade onde você pode fazer qualquer coisa simplesmente a pé!

Existe um app gratuito que você pode consultar como chagar em qualquer lugar de Buenos Aires! Achamos esse app fantástico! É o Cómo llego. Você pode olhar pelo site ou mesmo baixar o aplicativo para celular.

Nesse app você pode consultar rotas e linhas de ônibus e metrô, e inclusive rotas para ir andando -se desejar. É super completo e vale a pena pra quem quer conhecer a cidade de cabo a rabo!

Vantagens de ser um estudante gringo em Buenos Aires

Buenos Aires tem alguns programas muito legais pra quem vai estudar lá. Com sua carteirinha de estudante você consegue desconto em várias atividades culturais por lá!

Além disso, se você procurar um centro de turismo na cidade e comprovar que você está fazendo um intercâmbio por lá você consegue um chip gratuitamente! Nesse chip você recebe uma semana pra ligações, sms e até usar internet!

Eu consegui retirar o meu chip e do meu marido, e o serviço oferecido foi bem bacana. Pra usar com muita frequência você vai precisar fazer recarga (pode fazer isso em qualquer quiosque 25h, que estão espelhados pela cidade, ou até mesmo pelo site da operadora). Com certeza vale a pena ir lá retirar seu chip, isso vai facilitar demais na hora de pedir uber ou até mesmo se localizar na cidade.


Bom, isso resume nossa experiência por lá! É claro que eu ainda vou contar pra vocês os aspectos mais turísticos da nossa viagem em outras oportunidades, mas pra quem quer fazer intercâmbio, aqui estão as dicas mais preciosas!

Espero que tenham gostado!

Qualquer dúvida sobre intercâmbio por deixar nas perguntas que eu respondo direitinho pra vocês 🙂

E você que já fez intercâmbio, compartilha sua história com a gente também ;*

Comentários

comentário

Comentários

comentário